Expectativa com Crime Delicado

Hoje tem Crime Delicado, do Beto Brant, baseado no livro de Sergio Santanna, no Odeon, às 21:30. Imperdível. O roteiro teve colaboração do Marçal Aquino. Eu já li o livro do Santanna, é interessante, se passa inteiramente em lugares conhecidos do carioca.

Acabei de assistir Vida sobre rodas, um documentário despretensioso, filmado aparentemente em câmera digital, sobre brasileiros que ganham a vida usando carrinhos, bicicletas, patins, etc. Na maioria são pequenos vendedores ambulantes ou artistas mambembes. Incrível ver como pessoas com vida tão difícil conseguem transmitir tanto otimismo e tanta esperança pela vida e com o futuro. Como conseguem ser tão criativos, muito mais do que 90% dessa gente que faz MBA em marketing. Eu comparo a toda essa classe média pessimista, egoísta, sempre catastrófica, e chego a conclusão que o pessimismo é um luxo de ricos. O povo, quando é pessimista, vira cachaceiro ou ladrão. "Esse cachê maravilhoso de vocês, o aplauso", diz o músico de rua, que vende seus cds independentes e ganha a vida. Bonito filme, apesar da qualidade um pouco sofrível da imagem.

Ontem, vi um curta-metragem muito interessante "Manual para atropelar cachorro", de Raphael Primo. Filme pungente, estética bem Rubem Fonseca, lindamente urbanóide, com fotografia de alto nível. Peca talvez pelo americanismo exagerado, que dá um tom desajeitadamente inverossímel. Fala de um rapaz que trabalha numa locadora de vídeo que resolve atropelar cães de rua. Vou lá assistir outro filme.

2 comentários:

Mara Coradello disse...

Saudades de você e de Priscila. Aproveite e fale para ela entrar no msn, que ninguém suporta interurbanos meu caro, é ...caro!
Meu msn: mcoradello@hotmail.com

Abraços a ambos.

Miguel do Rosário disse...

pode deixar. tá anotado.
beijos

Seguidores

 
BlogBlogs.Com.Br