Botika mostra a cara

Há uns posts atrás, escrevi uma resenha sobre Botika, escritor carioca, lançado pela Azougue com o impetuoso romance "Uma autobiografia de Lucas Frizzo". Ganhei o livro do Sergio Cohn, editor da Azougue, e fiquei realmente muito impressionando com o fôlego do rapaz. De lá pra cá, topei com o Botika em algumas ocasiões - uma vez no Circo Voador, durante o Festival de Poesia organizado pelo Tavinho Paes; outra no desfile da Daspu, na praça Tiradentes, que teve show do Apax, banda liderada pelo Ericson Pires, que é amigo do cara. Combinamos uma entrevista por email, que ele tardou em responder. Mas não falhou.

Leia aqui a entrevista.

5 comentários:

Anônimo disse...

yeah!!!

Douglas Kim disse...

Esse Botika é (parece) um figura. Deveriam falar mais do livro, ainda bem que você está fazendo isso. Abraço.

Mário Bortolotto disse...

Você sabe onde posso conseguir o livro dele em São Paulo? Grande abraço.

Miguel do Rosário disse...

mário, não sei, você tem que ligar ou entrar no site da azougue. www.azougue.com.br. Abs

Lili Costa disse...

Devorei o livro do Botika!!!
Excelente!
E saber que ele escolheria o Nilsão pra fazer de seu livro um filme, me fez admirá-lo ainda mais!

Áwwww!!!

Seguidores

 
BlogBlogs.Com.Br