Diálogo de mestres


Breve conversa à tarde com John Fante

ele disse: “Eu estava trabalhando em Hollywood
na mesma época em que
Faulkner também estava lá
e ele era o pior de todos
estava sempre bêbado demais para ficar de pé
e ao final da tarde
eu tinha que ajudar a colocá-lo num táxi
dia após dia após dia”

“mas quando ele deixou Hollywood,
eu fiquei
e não bebi como talvez devesse ter feito
para ter o culhão de segui-lo
e dar um basta naquela merda”

eu disse a ele: “você escreve
tão bem quanto Faulkner”

“você acha mesmo?”,
ele perguntou, de sua cama
no hospital, sorrindo

Charles Bukowski
Tradução: Miguel do Rosário
Ler no original.

3 comentários:

emerson wiskow disse...

Miguel, criei para a spectro editora um poster ilustração com uma cena de um livro de John Fante. O personagem Arturo Bandini num quarto diante de sua máquina de escrever com Camila. Posso te enviar uma cópia para divulgar no Hell Bar? Ficou bacana mesmo.
abraço

Miguel do Rosário disse...

legal, não só pode, DEVE! abraço, miguel

Jorge Ferreira disse...

tem novidade no lick the soundtrack...e no rasgamortalha...passa la pra ver.

Seguidores

 
BlogBlogs.Com.Br